top of page
Posts Recentes

Balanço: em maio, Pontão de Cultura Cidade Livre recebeu mais de 500 espectadores

O mês de maio foi marcado por uma série de eventos culturais no Pontão de Cultura Cidade Livre, com uma diversidade de espetáculos e atividades. A casa reafirmou seu compromisso com a promoção da cultura e das artes e ao longo do quinto mês. Mais de 500 espectadores visitaram o Teatro Cidade Livre para assistir e participar dos espetáculos e apresentações. 


“Estamos muito satisfeitos com a participação do público em maio. Isso reflete nosso esforço em oferecer uma programação diversificada e de qualidade, capaz de atrair diferentes perfis de espectadores,” afirmou Allan Silva, presidente do Pontão.


Jefferson Lobato, coordenador do Pontão, complementou: “Nosso compromisso é continuar promovendo a arte e a cultura de maneira acessível e envolvente. A resposta positiva do público nos motiva a buscar sempre mais e melhor para nossa comunidade.”


Ações realizadas

No dia 4 de maio, o espetáculo de teatro “Várias Faces do Humor” atraiu aproximadamente 125 pessoas. A peça destacou a versatilidade do humor, proporcionando ao público momentos de riso e reflexão por meio de esquetes inteligentes e bem-humoradas.


A noite de 5 de maio foi dedicada à magia e ao encanto da dança do ventre com o espetáculo “Noites do Oriente: Explorando os Ritmos da Dança do Ventre”. Com um público de quase 60 pessoas, a apresentação mergulhou nos ritmos orientais, encantando todos com apresentações envolventes.


No dia 8 de maio, o espetáculo “NIQ” trouxe uma narrativa instigante e profunda, atraindo cerca de 70 espectadores. A peça explorou temas contemporâneos e foi bem recebida pelo público presente, que se envolveu com a trama e as atuações intensas.


“Entre Letras” foi apresentado em 11 de maio e contou com quase 100 pessoas. O espetáculo abordou a relação entre literatura e teatro, trazendo à vida personagens e histórias literárias de maneira criativa e emocionante.


A combinação de teatro e cinema marcou o evento de 17 de maio, com a apresentação do espetáculo “Flor da Cana” e exibição do filme “Mel Tamarindo”. Mais de 60 pessoas participaram da sessão dupla desta noite de cultura diversificada.


Fechando o mês com chave de ouro, a V Mostra de Dança aconteceu nos dias 25 e 26 de maio, reunindo cerca de 100 pessoas. A mostra apresentou uma variedade de estilos, destacando o talento e a criatividade de dançarinos, e proporcionando dois dias de espetáculos dinâmicos e inspiradores.


Companhias recebidas

A Cia de Teatro Cidade Livre teve uma participação destacada em maio, trazendo sua experiência e talento para enriquecer o panorama cultural com produções que cativaram o público. Suas apresentações trouxeram uma combinação de humor, drama e reflexões sociais.


A Cia Ginga de Teatro também marcou presença, oferecendo atuações dinâmicas e cheias de energia. Com uma abordagem única e inovadora, o grupo conquistou o público com espetáculos envolventes, que exploraram diversas facetas da condição humana.


A Cia Ju Cata Histórias diversificou as atividades culturais de maio com a exibição de filme. Esta combinação de cinema e teatro proporcionou ao público uma experiência artística rica e multifacetada, destacando a versatilidade da companhia.


A Cia Júlio Vann trouxe ao público atuações de alto nível, caracterizadas pela intensidade emocional e pela profundidade das temáticas abordadas. Suas apresentações foram um dos pontos altos do mês, destacando-se pela qualidade artística e pelo impacto gerado nos espectadores.


Grupos de Dança

Os grupos de dança Aruna, Encontros, Ritmos Dance Crew, Movimento Urbano e Ponto Dança abrilhantaram as noites de maio com coreografias impressionantes que exploraram uma vasta gama de estilos e técnicas. Cada grupo trouxe sua própria identidade e energia para o palco, criando um mosaico vibrante e diverso de expressões artísticas.


Artistas envolvidos e convidados

O mês de maio contou com a presença de diversos artistas talentosos que contribuíram significativamente. Além do presidente Allan Silva, que é artista da dança, se apresentaram no último mês Andrea Cris, Ayana Baladi, Beatriz Campos, Cinara Santana, DJ Lu Santos, Felipe Eduardo, Mestre Aguinaldo Silva, Michel Castro, Rayna, Rosa Rezende, Vitor César e Viviane Reis.


Segundo Jefferson Lobato, cada um dos nomes ofereceu sua própria especialidade e estilo, enriquecendo a diversidade das apresentações e proporcionando experiências inesquecíveis ao público. “Suas contribuições foram essenciais para a realização de um mês culturalmente vibrante e cheio de momentos marcantes. O talento e a dedicação desses artistas reforçaram a importância da arte e da cultura na vida das pessoas”, disse. 


Aulas permanentes

Além dos diversos espetáculos realizados em maio, o Pontão continuou a oferecer suas aulas semanais regulares, as quais são uma parte fundamental de sua programação cultural. Atualmente são ofertadas as oficinas de teatro infantil e teatro adulto, danças urbanas, dança do ventre e escrita criativa. 


Reflexo de esforço

Segundo Cinara Santos, produtora e professora do Pontão, a casa demonstrou, mais uma vez, sua capacidade de ser um centro vibrante e dinâmico de cultura, atraindo diversos públicos e oferecendo uma programação rica e variada. “Com espetáculos que vão do teatro à dança, passando pelo cinema, temos nos consolidado como um importante polo cultural na região”, expressou.


O presidente Allan ainda acrescentou que a presença de artistas e companhias renomadas também contribuiu para o sucesso das atividades, garantindo uma experiência única e enriquecedora para todos os participantes. “O balanço de maio é um reflexo do esforço contínuo para promover a arte e a cultura, reafirmando o compromisso do Pontão de Cultura Cidade Livre com a comunidade e com a valorização dos talentos locais e nacionais”, finalizou. 



Komentáře


bottom of page